Terapia Online: o Virtual Real

Terapia Online o Virtual Real com Andre Kummer
Imagem da série Sessão de Terapia, apresentada no Canal GNT com direção de Selton Mello. A série é marcada pelos dilemas, dores e alegrias dos pacientes, vividos por Maria Fernanda Cândido, Letícia Sabatella, Bianca Comparato e grande elenco.

A Terapia online já faz parte nossa realidade e habita o dia a dia de várias cabeças que desejam se tornar pessoas melhores e mais resolvidas através do autoconhecimento. 

Por enquanto esta modalidade de tratamento é permitia pelos Conselhos Regionais de Psicologia, enquanto orientações psicológicas com atendimentos focados em tema específico , de caráter informativo e com um número de sessões limitado a 20 encontros. 

Os atendimentos são feitos por Skype, através de videos do WhatsApp ou por Facebook. 

A terapia online pode acolher pacientes que moram em regiões em que não existem terapeutas, aqueles que desejam mais privacidade, os que viajam muito ou que não tem disponibilidade de tempo no horário comercial. 

Este procedimento seria tão eficaz quanto uma sessão de terapia com um contato real com um terapeuta? 

O médico psiquiatra Tito Paes diz que ainda pensa que um atendimento presencial é melhor, mas confirma que há estudos publicados que provam que o atendimento online é tão eficaz quanto o presencvial, e ele mesmo atende clientes online. 

É o caso de um estudo feito na Inglaterra com pacientes que tinham agorafobia e que foram alocados em três grupos de tratamento: 

  • Terapia de exposição com um terapeuta 
  • Instruções sobre como fazer exposição através de um programa de computador 
  • Instruções sobre como fazer exposição através de um livro de autoajuda. 

E qual foi o resultado? 
Qual ou quais grupos foram mais beneficiados? 

Quem apostou no grupo com o terapeuta, errou. E errou também quem apostou em um dos grupos remanescentes. Como assim? 

Sabe o que aconteceu? Os três grupos foram igualmente eficazes em suas respostas ao tratamento. 

Embora este estudo tenha sido realizado com pacientes portadores de agorafobia e não de outros transtornos, o resultado é uma confirmação de que existem bons resultados, e as terapias online estão conquistando terreno entre as psicoterapias. 

Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário e eu prometo que te respondo. 




Adaptado do texto do médico psiquiatra Dr. Tito Paes