Vampiros Emocionais II

"Uma pessoa amorosa vive em um mundo amoroso, uma pessoa hostil vive em um mundo hostil. O mundo que você conhece é o seu espelho. " - Ken Keyes Jr.

Esta é a continuação do post anterior que você pode ler clicando no link aqui Você é um Vampiro Emocional? Então, se você ainda está lendo isso e pensando: "Oh, caramba, isso é tão eu, eu sou um idiota ..." Relaxe. Você não é um idiota. 
Você não sabia fazer melhor. E você pode mudar as coisas. Começando agora.

Passo 1: Comece a prestar atenção ao que você controla e não ao que você não tem controle. 

Você não pode controlar se o seu chefe é um chato ou não, ou se seus colegas de trabalho não têm os mesmos interesses que você. Portanto, não importa e você deve imediatamente parar de se preocupar com isso e culpá-los por seus problemas.

Pergunte a si mesmo: o que você pode controlar? Você pode controlar sua conduta no trabalho. Então comece nisso. 
Você pode controlar sua produtividade. E se você falhar por causa de algo ou de outra pessoa, ignore-o. Não é importante. Concentre-se no que você controla.

Passo 2: Pratique gratidão e apreciação pelo que você tem. 

As coisas poderiam facilmente ser muito pior. Você poderia ser desfigurado, desabrigado, não ter pais, não ter educação, etc.

Faça um exercício todas as manhãs quando você acordar olhe no espelho e diga uma coisa que você está agradecido. Não apenas diga, realmente sinta a gratidão. 

Apesar de parecer idiota isso não é tão difícil. Eu fiz isso por muito tempo, meio na marra mesmo. Hoje em dia olho no espelho e digo: "TÁ BOM" e sorrio.

Passo 3: Mostre apreciação pelos outros. 

Comece a praticar atos aleatórios de gentileza para seus amigos, familiares e pessoas ao seu redor. Eu sei que você está se encolhendo agora. 

Mas você ganha o que você dá, e essa validação externa que você tanto desejou para sua vida inteira só virá quando você começar a dar validação aos outros, e fazê-lo aleatoriamente.

Faça isso como uma experiência. Cada dia por uma semana, desafie-se a fazer um dos seguintes procedimentos: conceda a alguém um elogio, agradeça a alguém perto de você ou dê a alguém um presente.

"Ei Pedro, eu comprei um café para você."

Eu sei que isso parece hipócrita e piegas, mas tente. E não espere nada em troca. Esta é a parte mais importante. Não se vire três dias depois e diga: 

"Pedro, você nunca me comprou nada!"

Não ... não faça isso. Você pode querer. Mas controle-se. Por favor, controle-se.



Os três passos destravam a maneira de agir que um vampiro emocional incorporou na vida e no seu estilo pessoal. 


Concentrar-se apenas em coisas que você pode controlar força você a começar a assumir a responsabilidade pelo que acontece com você. 
Praticar gratidão obriga você a sair da mentalidade de sua vítima de culpar os outros e procurar mais validação. 

Mostrar apreciação convida a validação genuína de outros, em vez de uma atenção superficial.

E, claro, praticar conscientemente estas três coisas obriga você a se tornar mais consciente de suas próprias ações e emoções. Isso criará uma nova maneira de agir mais positiva.

Agora, eu imagino que alguns de vocês chegaram a este ponto no post e estão pensando: 


"Cara, algumas pessoas são tão entediantes. Meus problemas são reais. Eu realmente tenho um problema que não tenho controle…"

Se você ainda acha isso, eu tenho más notícias. Você é um vampiro emocional. Então você pode pensar em ler os dois artigos de novo e começar a pensar diferente... Tudo de novo.