Como parar de amar a pessoa que você não pode ter


Eu não sou o único que já perdeu um amor? Não!!

Eu sou o único que já ficou meio fora do ar com isso.? Não também!!

Mas como a história começa?

Bem, nem toda pessoa por quem você se apaixonar vai se apaixonar por você. Nós aprendemos isso “eventualmente”.

As vezes parece ter algo nos impedindo de nos entregar ao amor. Talvez se trate de uma educação religiosa castradora, pais repressores ou a negação absolutamente da nossa própria identidade.

COMO PARAR DE AMAR A PESSOA QUE VOCÊ NÃO PODE TER


A história começa assim: alguém rouba seu coração. Ele pode não saber disso, mas você move montanhas por ele.

Como a maioria das grandes coisas na vida, não há barreiras que você não possa atravessar.

Está apaixonado que seu ego, sensibilidade, e mesmo o seu orgulho se perdem.

Então você percebe que não é recíproco.

Você se preocupa muito com o que você sente por ele e, e muitas vezes esquece de reconhecer o que ele sente por você.

Talvez esteja muito apaixonado para saber a diferença.

LIÇÃO UM

Um amigo meu disse que o amor é como uma cebola. Quanto mais devagar você corta, mais você chora.

Em outras palavras, quando você está constantemente focando o amor, amor, amor… 

É provável que seja mais desapontado, porque quando você está desesperado por amor, você vai finalmente encontrá-lo, mas em doses erradas.

LIÇÃO DOIS

Algumas coisas não saem como planejado, e isso as vezes é bom.

Quando seu ex-amor estiver viajando pela Europa com um novo namorado, resista a tentação de jogar seu laptop contra a parede.

Se as suas memórias começarem a apontar a culpa na sua direção – como se sentir um merda, um completo idiota para ele, um estúpido quando disse isso ou aquilo, pensando que quando fez isso ou aquilo foi provavelmente o momento em que ele caiu fora, etc…

Pare! Faça um esforço em parar com essa voz interna.

É fácil fazer suposições sobre uma razão porque o relacionamento não deu certo, mas confie em mim, não é simples assim.

Duas pessoas podem não ter química (apesar de que uma das partes pode ter), podem ter personalidades completamente diferentes, podem estar no local e na hora errada…

LIÇÃO TRÊS

Quando tudo isso começa, parece que não tem fim.

É difícil acreditar que você vai encontrar outro alguém que corresponda a suas exigências, porque você encontrou o pináculo da perfeição.

OK, ria se você nunca pensou nisso  :lol:

Você compara ele com todos os outros, e por aí vai….

O que não vemos no momento é que o amor vem em todas as formas.

Nós vamos encontrar o amor novamente, apenas um tipo diferente de amor.

Seu rosto nunca vai sair do nosso banco de memória, mas os sentimentos que tínhamos para ele acabarão por se tornar associados com outra pessoa ao longo do tempo.

É então que percebemos que o amor não é uma pessoa. É um sentimento, é uma descoberta, e é uma conexão. 
Ele não tem uma cara, mas existe dentro de nossa própria atitude.


LIÇÃO QUATRO

Você apaga a conta do facebook, bota fora ou ignora as coisas que fazem lembrar do outro, e apesar de seus melhores amigos tentaram te ajudar com isso, percebe que ninguém jamais encontra as palavras certas para te confortar.

A única coisa que ajuda é o tempo.

Alguns dormem demais, bebem demais, deixam o telefone no silencioso, fecham as cortinas, levantam as pontes levadiças e tiram a comida dos crocodilos.

Parece funcionar por um tempo, mas lentamente enquanto o tempo passa lá fora, você percebe que o outro continua dentro de você.

E você pode decidir por parar de ficar apaixonado pela sua própria miséria.

Quanto mais você olhar para sua dor, mais profunda ela vai ficar.

Depois de algum tempo você vai começar a ver uma luz no fim do túnel. Não é uma nova luz, mas algo familiar. E embora você esteja machucado, não está quebrado.

Vai se dar conta de que o outro nunca vai fazer parte da sua vida, que as sombras da rejeição estarão sempre lá… Mas vai ficar tudo bem com isso.

A única maneira de tirar alguém do seu coração é aprender a viver com o fantasma dele e não negar a sua existência.

As pessoas entram em nossas vidas para nos ensinar lições, e a maior lição que devemos aprender é que amar faz bem. Mesmo que em algum momento a gente queira matar a criatura que nos deixou na mão  :twisted:

O amor é real, porque nós sentimos, nós o seguramos em nossas mãos, e nós os vimos ir embora.

Mas depois de meses procurando sua alma, você percebe que o amor não vai embora.

Ele evolui para novas fases, novas áreas e novos nomes.

O verdadeiro amor existe, mas às vezes é preciso deixar a vida assumir ao invés de tentar controlar nosso próprio destino.

ESSA, MEU AMIGO, É A LIÇÃO MAIS IMPORTANTE DE TODAS.