Fique apenas onde você é valorizado!

Fique apenas onde você é valorizado! 

Estas palavras exprimem uma ideia simples o que é, talvez, muito difícil de viver.




Especialmente difícil para quem, como uma criança ou um adulto, foi feito para se sentir inútil e sem valor. 

E você sabe a que me refiro. Precisamos reconhecer a desvalorização nos relacionamentos, no trabalho, nas amizades, em casa, e com nós mesmos. Depois é preciso coragem para sair dessa situação.

Quais são os sinais de um relacionamento que nos desvaloriza? Eles podem ser óbvios ou sutis ou aparecer vagarosamente.

Se os seus pais, seu parceiro, amigo, chefe ou cliente te põem para baixo, insultam, intimidam, e te tratam como um inútil pedaço de M., é claro que você está sendo desvalorizado.

No entanto, você pode tentar negar isso, porque pode ser que não esteja alinhado com o seu senso de que você é um ser humano digno de amor.

É mais difícil ver o comportamento desvalorizar quando você está deprimido, cheio de problemas,medos, sem apoio e refém de alguém que assina seu contracheque ou paga as contas da casa. 

Ser desvalorizado muitas vezes também pode não ter nada a ver com o está sendo feito para você, mas sim sobre o que deixamos de fazer ou simplesmente desistimos.

Então vivemos e sentimos uma ausência de gratidão, a felicidade que parece que nunca chega, e nos acostumamos a viver aos pedaços a espera de uma festa que não fomos convidados.


Estar empregado não significa que você é valorizado.
Estar em um relacionamento não significa que você é valorizado.
Ser apoiado financeiramente não significa que você é valorizado.
Alguém dizer que você é lindo, não significa que você é valorizado.
Ser colocado em um pedestal, não significa que você é valorizado.
Ser chamado em momentos de crise não significa que você é valorizado.
Alguém dizer “Eu te amo”, não significa que você é valorizado.
Ser amado por aquilo que você dá e não por quem você é, não significa que você é valorizado.
Aprenda a distinguir entre ser usado e ser valorizado. Quando você se sentir esgotado, diminuído e desanimado, você está sendo usado. Quando você se sentir enriquecido e incentivado, você está valorizado.
Quando suas opiniões não são ouvidas nem respeitadas, você está sendo usado. Quando suas opiniões são reconhecidas, aceitas ou não, mas respeitadas, você está sendo valorizado. Ouça em silêncio o seu coração, e você vai saber se você está sendo valorizado.

FIQUE APENAS ONDE VOCÊ É VALORIZADO!

Nosso senso de auto-estima não depende da estimativa dos outros. 

Somos todos dignos.

Quando você passa muito tempo em um relacionamento que te desvaloriza, parece que ninguém mais vai valorizar você. Isso torna difícil ir embora. 

Você acha que as coisas só podem piorar, e que ficar onde está é o melhor que você pode fazer e é o que você merece.

Para abandonar essa situação é preciso ter força, acreditar em si mesmo, ter coragem para correr riscos e tomar uma atitude.

Tenha consciência de que ser desvalorizado continuamente vai acabar com você, e é exatamente isso que o desvalorizador quer: tirar todo seu brilho, felicidade, e torná-lo um escravo de suas vontades.

Quando você vai embora, pode ficar sozinho por um tempo...

Mas as chances são boas de que vai encontrar algo muito melhor.