Por que esperamos tanto dos outros?


Existem 69 milhões de psicopatas no mundo. 1% da população mundial, segundo artigo da revista Superinteressante.





Um psicopata não é necessariamente uma assassino, e existem vários níveis de psicopatias.

Em geral eles não sentem culpa alguma. Alguns psicanalistas dizem que 5% da população não sente qualquer culpa, por "nada".
Acredito que a maioria das pessoas é predominantemente boa. Se preocupam com a dor dos outros e cuidam daqueles que amam.

Outro tanto, mesmo não sendo psicopatas, mas sim pessoas mimadas, menos tolerantes a frustrações e contrariedades da vida, reagem de modo grosseiro com frequência, reclamam por mais atenção, parecem estar sempre insatisfeitas e transmitem, para os que convivem com elas, a impressão de que todos estão lhes devendo alguma coisa a mais. Não sentem culpa quando magoam terceiros, se preocupam muito pouco com o bem-estar dos que as cercam, sempre priorizando a si mesmas, segundo Flavio Gikovate.

hannibal_lecterBem, eu não estou aqui para falar sobre psicopatas e esse tipo de culpa. Afinal que nunca teve vontade de picar alguém em pedacinhos e comer como um Hannibal Lecter?


Eu gostaria de dizer que sentir culpa é normal ok!

Baseado nos dados acima, se você nunca sentir uma ponta de culpa ou remorso, com certeza você é um psicopata.

Toda emoção ou sentimento tem um lado positivo e um lado negativo.

O lado positivo da culpa nos dá a consciência do arrependimento.
Nos dá a capacidade de pedir desculpas.
Uma gota de culpa nos faz mais humanos.
Um Mestre Budista disse que muitas vezes os atos negativos que fazem contra nós caem como facas aos nossos pés.
Não deveriam nos atingir. Mas nós nos abaixamos, juntamos a faca e cravamos, no nosso peito. Esse é o lado negativo da culpa.
A Culpa tem seu lado positivo e negativo e é preciso caminhar sobre o fio da navalha.
Aprenda a não esperar nem cobrar nada dos outros. A coisa toda e eu comigo mesmo. É você com você mesmo.
Edith Piaf diz: "Eu não me arrependo de nada"


Porque dos meus erros eu pedi desculpas, aceitas ou não...
E de quem esperei mais do que podiam dar...
Bem, eu simplesmente os esqueci.

DO QUE VOCÊ AINDA SE SENTE CULPADO?